sábado, 29 de maio de 2010

De lá pra cá...

Quando morávamos em Porto Alegre, eu já trabalhava há um tempo em APAES (fazia um trabalho de estimulação precoce, com crianças portadoras de síndromes diversas) e o Fernando que é formado em Psicologia e estudava Psicanálise na época, trabalhava em uma clínica para dependentes químicos. Como eu já era do meio das artes e desenhar jóias era uma coisas que eu fazia desde cedo, comecei a estudar joalheria. O Fernando foi na carona, por ter se entusiasmado, não sei se pelos resultados que eu apresentei em poucas aulas, ou se pelo fato dele ser muito curioso e admirar todos os tipos de arte. Sempre acho que músicos se interessam mais por atividades artísticas que as demais pessoas (Fernando estudou música, chegou a estudar na OSPA).
Nos últimos anos que moramos no R.S. estudávamos joalheria no tempo livre, por hobby, por curtir mesmo, sem pensar que viríamos a trabalhar e viver disso.

Sempre me perguntam aqui, o que nossas jóias tem a ver com o Espirito Santo. Eu acredito que tudo!! Elas são essencialmente "capixabas"!! Por sua estética, por sua leveza, por suas cores, por seu movimento. Foi aqui que pesquisamos e descobrimos materiais alternativos para nossas jóias. O alumínio e o aço inox são a base do que fazemos hoje aqui, diferente da prata e do ouro, que era o que usavámos para fazer jóias no R.S. Utilizamos pedras compradas nos mais diversos lugares do país e algumas no exterior. Mas o estilo de nossas peças revela a leveza, a cor e a alegria de um lugar ao sol. De um lugar onde o calor faz toda a diferença.

Espero que vocês também se apaixonem por Vitória!!!

Nenhum comentário: